22 de set de 2010

Levanta-te dentre os Mortos - John Piper



Reflexões sobre o levantar-se dentre os mortos

Como Você obedece a ordem de nascer de novo?

Como você obedece ao mandamento de nascer de novo? Antes, faça outra pergunta: quando Jesus ordenou a Lázaro que ressuscitasse dos mortos, como ele obedeceu a essa ordem? João 11.43 diz: "[Jesus] clamou em alta voz: Lázaro, vem para fora!" Esta ordem foi dada a um homem morto. O versículo seguinte acres¬centa: "Saiu aquele que estivera morto, tendo os pés e as mãos ligados com ataduras".

Como Lázaro fez isso? Como um homem morto obedece a ordem de viver novamente? A resposta parece ser: a ordem leva consigo o poder de criar uma nova vida. Obedecer à ordem de nascer de novo significa fazer o que pessoas vivas fazem. Isto é extremamente importante. A ordem de Deus: "Levanta-te de entre os mortos!" leva consigo o poder de que necessitamos para obedecer-Lhe. Não obedecemos a esta ordem criando essa vida. Obedecemos a essa ordem fazendo o que pessoas vivas fazem — Lázaro saiu para fora. Ele ressuscitou. Caminhou até Jesus. A chamada de Deus cria vida. Respondemos no poder daquilo que a chamada criou.

Em Efésios 5.14, Paulo disse: "Desperta, ó tu que dormes, levanta-te de entre os mortos, e Cristo te iluminará". Como você obedece à ordem de acordar do seu sono? Se a casa estivesse cheia de monóxido de carbono, e alguém gritasse: "Acorde! Salve-se! Saia!", você não obedeceria esta ordem acordando a si próprio. A altissonante e poderosa ordem, por si mesma, o desperta. Você obedece por fazer aquilo que pessoas acordadas fazem diante do perigo. Você se levanta e sai da casa. A chamada cria o despertar. Você reage no poder do que a chamada criou.

Creio que isto explica por que a Bíblia diz coisas paradoxais a respeito do novo nascimento, ou seja, que temos nós mesmos de ob¬ter um novo coração, mas é Deus quem cria o novo coração. Por exemplo:

Deuteronômio 10.16: Circuncidai... o vosso coração. Deuteronômio 30.6: O SENHOR, teu Deus, circuncidará o teu coração.

Ezequiel 18.31: Criai em vós coração novo e espírito novo. Ezequiel 36.26: Dar-vos-ei coração novo e porei dentro de vós espírito novo.

João 3.7: Importa-vos nascer de novo.

1 Pedro 1.3: "Deus... nos regenerou [fez nascer de novo].

"Circuncidar o coração" significa fazer o que fazem as pessoas que têm o coração circuncidado. Seja cuidadoso para com Deus e abandone todo o mal. Separe a sua vida para Deus e seja diferente do mundo. Tudo isto é possível somente por causa da promessa: "O SENHOR, teu Deus, circuncidará o teu coração". Como diz Filipenses 2.12-13: "Desenvolvei a vossa salvação... porque Deus é quem efetua em vós tanto o querer como o realizar, segundo a sua boa vontade". "Desenvolvei a vossa salvação" corresponde a "circuncidai... o vosso coração". "Deus é quem efetua em vós" corresponde a "o SENHOR, teu Deus, circuncidará o teu coração". A conexão é que o nosso fazer depende de Deus fazê-lo primeiro. Ele inicia e capacita.

De modo semelhante, "criai em vós coração novo" significa que devemos agir em novidade de coração e dar passos de acordo com essa novidade. A promessa "dar-vos-ei coração novo" significa que Deus é o criador decisivo do novo coração. Deus nos dá o novo coração, e agimos de acordo com ele.

Igualmente, o modo de obedecermos à ordem de nascer de novo é, primeiramente, experimentar a dom divino da vida espiritual e fazer o que pessoas vivas fazem — invocar a Deus com fé, gratidão e amor. Quando a ordem de Deus nos alcança com o poder de criar e converter do Espírito Santo, essa ordem nos dá vida. A evidência de que a ordem divina nos alcançou criando vida é que reagimos com vida, fé, esperança e alegria. Se essa resposta está em nós, somos nascidos de Deus e temos obedecido à ordem.

Você já nasceu de novo? Tem um novo coração? Ressuscitou espiritualmente de entre os mortos? Esta é a obra de Deus em e por trás de sua resposta de fé. Portanto, responda com humilde confiança, reconhecendo no próprio ato o toque soberano de Deus.

2 comentários:

Marcos Sampaio disse...

Caro Paulo,

Estou conhecendo seu espaço! Muito bom!
Que Deus continue abençoando o seu projeto na web!

Quero aproveitar para promover o meu blog pessoal;
http://ideiasprotestantes.blogspot.com

Sem dispensar a seriedade na defesa do Evangelho, e, sobretudo, longe de se adaptar aos modismos e novidades do Cristianismo de entretenimento, o leitor aqui obterá uma mistura bem balanceada de teologia, cultura, denúncia, cidadania, religião e artigos devocionais. No blog IdéiasProtestantes, você fica sabendo da última novidade do absurdário gospel, mas também não falta material para edificação e reflexões sobre a vida cristã.

Um forte abraço,
Marcos Sampaio

Paulo Fagundes disse...

Caro Marcos,

Muito obrigado pelo comentário e fique a vontade sua opinião é importante para nós.

Divulgar trabalhos sérios de pessoas comprometidas na defesa da sã doutrina, é um dos principais objetivos deste espaço. Estarei visitando seu blog e poderei até divulgar seu link aqui.

Um forte abraço pra você também e que Deus o abençoe.

Em Cristo,

Paulo Fagundes.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...